Objetivo: Conhecer a História do Diálogo Judaico-cristão após a 2ª Guerra Mundial até os dias de hoje.

A Igreja e o seu Ensinamento sobre os Judeus no Concílio Vaticano II – Textos fundamentais a serem conhecidos para um correto e frutuoso conhecimento sobre a importância do diálogo entre judeus e cristãos e a ação pastoral dos Papas desse período até os dias atuais, confirmando esse ensinamento eclesial.

O diálogo inter-religioso não procura eliminar as diferenças: o que ele se propõe é reconhecer essas diferenças e torná-las construtivas. Diálogo não é uma prédica; não é conversa fiada; não é um debate; não é acusação e defesa; não é um instrumento para a conversão. A comunicação inter-religiosa requer que cada participante compreenda claramente sua própria fé e esteja disposto a compreender a fé do outro.

Leia mais...

Subcategorias